terça-feira, 2 de março de 2010

Joana de Ângelis

       
FAROL
"No interior do diamante bruto, escuro e informe, fulgura uma estrela que aguarda ser arrancada a golpes de cinzel e lâminas lapidadoras.
Não há ninguem, que não possua bondade interior.  Há nos refolhos da alma, a presença de DEUS como luz coagulada, aguardando os estímulos de fora, a fim de brilhar com alta potência."
(Joana de Ângelis) psicografia de Divaldo Franco

PINTURA ACRILICA ABSTRATA

Olha no teu jardim as rosas entreabertas e nunca as pétalas caídas...Observa em teu caminho a distância vencida e nunca o que ainda fal...