Colheita de flores

Colheita de flores

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

FELIZ ANO NOVO 2011

                                                     CAMPO DE FLORES VI
                                                    TELA   50 X 60CM  -  OST              


ANO NOVO

"Todo fim de ano, é a mesma coisa.
No dia 31 as pessoas são tomadas por uma emoção contagiante, que provoca muito mais intranquilidade, angustia e depressão do que alegria de viver e uma grande festa.
Espera-se que, ao transcorrer a noite do último dia do ano, o mundo renasça, trazendo melhores dias, cheios de paz.  Espera-se encontrar um novo amor,  arranjar aquele emprego, conseguir pagar aquelas dívidas.  Planejamentos  radicais  nos sugerem passar o passado a limpo. Expectativas muito altas carregam nos seus pacotes o peso da ansiedade.
Porque se deixar levar por um simples decreto de calendário e acreditar que, a partir de 1º de janeiro, as coisas deverão mudar?
Por que  escolher  o último dia do ano, como se fosse o último de nossa vida, prá fazer um verdadeiro balanço,  dos bons e maus momentos  vividos?
Por que nos dias das grandes festas as tristezas são lembradas com mais intensidade?  Porque não festejar as vitórias, mesmo que sejam poucas?
Meu Deus! quanta peninha  tem de sí mesmas as pessoas, com tendências a se sentirem vitimas do destino!
O revéillon é um dia só! ou melhor é uma noite só!
E, no entanto,  é capaz de causar tanto estrago na mente sofredora daqueles que têm  o costume de rever o lado ruim do passado.
Você dorme num dia e, se estiver vivo, acordará no outro como acontece todos os dias  e verá que tudo continuará com antes. È a rotina.
Se você tivér equilibrio emocional, repare que aquela imagem que está lá fora, na sua frente, continua lá .
Aquele sol  brilhante se abriu, como sempre se abre nos dias ensolarados; a chuva continua a cair, se assim tiver que ser, nos dias chuvosos de verão.
O que mudou? você mudou?
Em qualquer dia do ano surge um "novo amanhecer" e com ele chances de uma nova conquista.
Precisamos praticar a mudança de hábitos.  Todas as manhãs, ao abrirmos os olhos, devemos dar bom dia ao dia que nos é presenteado, pois ele poderá ser o dia da mudança.
Se não buscarmos as mudanças necessárias, tudo continuará como sempre. E não vai ser no dia 31, que a transformação se fará por força do calendário.
Já passeis muitos réveillons em festas, observando pessoas felizes, de "caras limpas" e de tantas outras de olhares tristes, sorrisos de retrato e com copo na mão.
Em muitas noites do dia 31, já dormi abraçada ao meu amor.
Em outras, "festejei",as noites preferindo abraçar o travesseiro.
E foi num dia qualquer do mês de maio, que escolhi mudar de vida!  E foi aí que um "Ano Novo", chegou para mim!  Aconteceu antes.... ou será que foi depois?
Chega de fazer parte dessa imensa legião , que obedece às leis dos homens e segue os dogmas de uma sociedade que pensa em bloco.
O calendário é feito de folhas de papel.
O bom disso é que todos os dias podemos virar a página."
(Lou Micaldas/Anna Eliza Fürich)

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

OSWALDO ANTONIO BEGIATO

BOM DIA

"Cansado de meus invernos
Quero hoje plantar
Com as mãos repletas de outono
E o coração de dádivas,
A semente de um pé de Ipê,
De um pé de Ipê amarelo.

Depois ungir-me-ei 
Com o óleo santo
Que verte dos olhos de Maria
E me recolherei ermitão
Na varanda de minhas ilusões,
Esperando a primavera chegar.

E quando a primavera vier,
Com suas vestes adornadas
Pelos milagres da terra,
Abrirei um sorriso limpo
Sobre a nascença do verão.

Tudo então será sol
Tudo então será flor.

Coisa linda de se ver!"

( Oswaldo Antonio  Begiato)

domingo, 12 de dezembro de 2010

CRONICA DE LUIZ FERNANDO VERISSIMO

                                                 VASO VERDE COM ROSAS
                                                        vendido

"Minha mulher e eu temos um segredo para fazer nossso casamento durar:
Duas vezes por semana, vamos a um ótimo restaurante, com uma comida gostosa, uma boa bebida
e um bom  companheirismo.  Ela vai  às  terça-feiras e eu vou ás quintas.
Nós tambem dormimos em camas separadas: a dela em Fortaleza e a minha, em SP.
Eu levo minha mulher a todos os lugares, mas ela sempre acha o caminho de volta.
Perguntei a ela onde ela gostaria de ir no nosso aniversário de casamento, "em algum lugar que eu não tenha ido há muito tempo!" ela disse.  Então sugeri  a cozinha.
Nós sempre andamos de mãos dadas....
Se eu soltar, ela vai as compras!
Ela tem um liquidificador, uma torradeira e uma máquina de fazer pão, tudo eletrico.
Então, ela disse: "nós temos muitos aparelhos, mas não temos lugar para sentar".
Daí, comprei prá ela uma cadeira elétrica.
Lembrem-se: o casamento é a causa numero 1 para o divórcio. Estatísticamente 100% dos divórcios começam com o casamento. Eu me casei com a "senhora certa".
Só não sabia que o primeiro nome dela era "sempre".
Já faz 18 meses que não falo com minha esposa. É que não gosto de interrompê-la.
Mas, tenho que admitir: a última briga foi culpa minha.
Ela perguntou: "o que tem na TV?"
E eu disse: "Poeira"
(Luiz Fernando Verissímo)

domingo, 5 de dezembro de 2010

MARTHA MEDEIROS

                                                             PAISAGEM  VI

"Meu mundo se resume a palavras que me perfuram, a canções que me comovem, a paixões que já nem lembro, a perguntas sem respostas, a respostas que não me servem à constantes perseguições do que ainda não sei.  Meu mundo se resume ao encontro do que é terra e fogo dentro de mim, onde não me enxergo mas me sinto."
(Martha Medeiros)

terça-feira, 23 de novembro de 2010

ORAÇÃO A MIM MESMO - OSWALDO ANTONIO BEGIATO

                                                          COPOS DE LEITE - OST
                                                                  vendido

  • Que eu me permita olhar, escutar e  sonhar mais.
  • Falar menos, chorar menos.
  • Ver nos olhos de quem me vê a admiração de que eles me têm  e não a inveja que prepotentemente penso que têm.
  • Escutar com meus ouvidos atentos e minha boca estática as palavras que se fazem gestos
  • e os gestos que se fazem palavras.
  • Permitir sempre escutar aquilo que eu não tenho me permitido escutar. Saber realizar os sonhos que nascem em  mim e por mim e comigo morrem por eu não saber sonhar.
  • Então que eu possa viver os sonhos possiveis e impossíveis; aqueles que morrem e ressuscitam a cada novo tempo, a cada nova flor,  a cada novo calor, a cada nova geada, a cada novo dia.
    Que eu possa sonhar o ar, sonhar o mar,  sonhar o amar, sonhar o amálgama.
  • Que eu me permita o silêncio das formas,  dos movimentos, do impossível, da imensidão de  toda profundeza.
  • Que eu possa substituir minhas palavras pelo toque, pelo sentir, pelo compreender, pelo segredo das coisas mais raras,  pela oração mental (aquela que a alma cria é só ela, alma, ouve, e só ela, alma, responde).
  • Que eu saiba dimensionar o calor, experimentar a forma, vislumbrar as curvas, desenhar as retas, e aprender o saber da exuberância que se mostra nas pequenas manifestações da vida.
  • Que eu saiba reproduzir na alma a imagem que entra pelo meus olhos, fazendo-me parte suprema da natureza, criando-me e recriando-me a cada instante.
  • Que eu possa chorar menos de tristezas e mais de contentamentos.
  • Que meu choro não seja em vão, e que em vão não sejam minhas dúvidas.
  • Que eu saiba perder meus caminhos, mas que saiba recuperar meus destinos com dignidade.
  • Que eu não tenha medo de nada, principalmente de mim mesmo: Que eu não tenha medo dos meus medos!
  • Que eu adormeça.....
  • (Oswaldo Antonio Begiato)

sábado, 13 de novembro de 2010

DESAPEGO - JOSEPH NEWTON

                                                     ANJO GABRIEL - 50X70CM
                                                            vendido


  • "Tens o hábito de juntar objetos inúteis, acreditando que um dia (não sabes quando)
  • vais necessitar deles.
  • Tens o hábito de juntar dinheiro sem gastá-lo, pois imaginas que ele poderá faltar no futuro?
  • Tens o hábito de guardar roupas, sapatos, móveis, utensilios domésticos e outras coisas que já não usas há muito tempo?
  • E dentro de tí?....
  • Tem o hábito de guardar raivas, ressentimentos, medos, tristezas e outros sentimentos negativos?
  • Nao faças isso!
  • Vai contra a tua prosperidade!
  • É preciso deixar um espaço, um vazio,  para que novas coisas cheguem a tua vida.
  • É preciso se desfazer do inútil que há em tí e em tua vida para que a prosperidade possa acontecer.
  • A força desse vazio é que atrairá e absorverá tudo o que desejas.
  • Se acumulares objetos e sentimentos velhos e inúteis, não terás espaço para novas oportunidades.
  • Os bens necessitam circular. Limpe as gavetas os armários,  o depósito, a garagem.... A mente....
  • Doe tudo aquilo que já não usas....
  • A atitude de guardar um monte de coisas inúteis só acorrenta a tua vida.
  • Não são só os objetos  guardados que paralisam a tua vida  .
  • Eis o significado da atitude de guardar:
  • quando se guarda, se conside a possibilidade de falta de carência...
  • Acredita-se, que, amanhã , poderá faltar e que não haverá maneira de suprir as necessidades...
  • Com esse pensamento estás enviando duas mensagens ao teu cérebro e à tua vida:
  • A de que não confias no amanhã;
  • E que o novo e o melhor , NÃO são para tí ...
  • Por isso te alegras guardando coisas velhas e inúteis!
  • Até o que já perdeu  a cor e o brilho...
  • Deixa entrar o novo em tua casa....
  • E dentro de tí...
  • Por isso depois de ler esta mensagem, não a guardes...
  • Faça-a circular, para que a a paz e a properidade cheguem a tí!
  • BOA SORTE! 

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

AMOR

PATCHWORK 2
vendido
                            


  • "O amor duradouro, não olha a forma nem a aparência, mas rege-se pelo simples sentir no coração e o juizo na razão.  Sim, o amor nas suas múltiplas figuras é um poema inesquecível, que ficou registrado para sempre na memória de quem o leu e o viveu."

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

JOANNA DE ÂNGELIS - DIVALDO P. FRANCO

PATCHWORK 1
vendido 
  •  
  • A amizade é o sentimento que imanta as almas umas às outras, gerando alegria e bem estar.
  • A amizade é suave expressão do ser humano que necessita intercambiar as forças da emoção sob os estímulos do entendimento espiritual.
  • Inspiradora de coragem e abnegação, a amizade enfloresce as almas, abençoando-as com resistência para as lutas.
  • Há, no mundo moderno, muita falta de amizade!
  • O egoismo afasta as pessoas e as isola.
  • A amizade as aproxima e irmanas.
  • O medo agride as almas e infelicita.
  • A amizade apazigua e alegra os individuos.
  • A desconfiança desarmoniza as vidas e a amizade equilibra as mentes, dulcificando os corações.
  • Na área dos amores de profundidade, a presença da amizade é fundamental.
  • Ela nasce de uma expressão de simpatia, e firma-se com com as raízes do afeto seguro.
  • Quando outras emoções se estiolam no vaivém dos choques, a amizade perdura, companheira devotada dos homens que se estimam.
  • Se a amizade fugisse da Terra, a vida espiritual dos seres se esfacelariam.
  • Ela é meiga e paciente, vigilante e ativa.
  • Discreta, apaga-se, para que brilhe aquele a quem se afeiçoe.
  • Sustenta na fraqueza e liberta nos momentos de dor.
  • A amizade é fácil de ser vitalizada.
  • Cultiva-la, constitui-se um dever de todo aquele que pensa e aspira, porquanto, ninguém logra êxito, se avança com aridez na alma ou indiferente ao elevo de sua fluidez.
  • Quando os impulsos sexuais do amor, nos nubentes, passam, a amizade fica.
  • Quando a desilusão apaga o fogo dos desejos nos grandes romances, se existe amizade, não se rompem os liames da união.
  • A amizade de Jesus pelos discípulos e pelas multidões, dá-nos, até hoje, a dimensão do que é o amor na sua essência mais pura. demonstrando que ela é o passo inicial para essa conquista superior que é a meta de todas as vidas e Mandamento maior da Lei Divina."
  • (Joanna de Ângelis, psicografado por Divaldo P. Franco)

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Rabindranath Tagore


PAISAGEM DO IPÊ II
  • "Há alegria no jogo eternamente variado dos seus matizes, na música de suas vozes, na dança dos seus movimentos. A morte não pode ser verdade, enquanto não desaparecer a alegria do coração do ser humano."

  • Para adornar-te , para vestir-te , para fazer-te mais preciosa , o mar dá as suas pérolas, a terra o seu ouro, o jardim as suas flores."

  • "O poder infinito de Deus não está na tempestade, mas na brisa."

  • Formosura, procura encontrar-te no amor, não na adulação do espelho."

sábado, 9 de outubro de 2010

PALAVRAS DE CHICO XAVIER


VASO DE ROSAS ROSAS
PINTURA Á ÓLEO
vendida
 
  • "Ninguem quer saber o que fomos, o que possuíamos, que cargo ocupávamos no mundo; o que conta é a luz que cada um já tenha conseguido fazer brilhar em sí mesmo."
  • Não exija dos outros qualidades que ainda não possuem. A arvore nascente aguarda-te a bondade e a tolerância para que te possa ofertar os próprios frutos."

terça-feira, 5 de outubro de 2010

CAMPO DE FLORES


  • CAMPO DE FLORES
  • PINTURA ACRILICA/ÓLEO
  • DIMENSÕES: 60 X 80 X 2 CM
  •   VENDIDA
  •  
  •  

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Emmanuel - Francisco Cândido Xavier

  • RELEITURA DE RENOIR
  • vendida
  • O corpo humano que temos na terra, o mais sublime dos santuários e uma supermaravilha da obra divina.
  • A benção de um corpo, ainda que mutilado ou disforme, na Terra, é como preciosa oportunidade de aperfeiçoamento espiritual, o maior de todos os dons que nosso planeta pode oferecer.
  • O corpo é para o homem santuário real de manifestação, obra prima do trabalho seletivo de todos os reinos em que a vida planetária se subdivide.
  • Os aleijões de nascença e as moléstias indefiníveis constituem transitórios resultados dos prejuizos que, individualmente, causamos a corrente harmoniosa da evolução.
  • A energia mental, é o fermento vivo que improvisa, altera, constringe, alarga, assimila, desassimila, integra, pulveriza ou recompõe a matéria em todas as dimensões.
  • Por isso mesmo, somos o que decidimos, possuímos o que desejamos, estamos onde preferímos e encontramos a vitória, a derrota ou a estagnação, conforme a imaginamos.
  • Os acontecimentos obedecem às nossas intenções e provocações manifestas ou ocultas.
  • Encontramos o que merecemos porque merecemos o que buscamos.
  • A existência pois, para nós, em qualquer parte ,será invariavelmente segundo o que pensamos.
  • A mente é manancial vivo de energias criadoras.
  • O pensamente é substância, coisa mensurável.
  • Encarnados e desencarnados povoam o planeta, na condição de habitantes de um imenso palácio de vários andares, de posição diversas, produzindo pensamentos múltiplos, que se combinam e se repelem, ou que se neutralizam.
  • O idealismo operante, a fé construtiva, o sonho que age, são pilares de toda as realizações.
  • Quem mais pensa, dando corpo ao que idealiza, mais apto se faz a recepção das correntes mentais ínvisiveis, nas obras do bem e do mal.
  • O homem permanece envolto em largo oceano de pensamentos, nutrindo-se de substância mental em grande proporção.
  • Toda criatura absorve, sem perceber, a influência alheia nos recursos imponderáveis que lhe equilibram a existência.
  • Em forma de impulsos e estímulos, a alma recolhe, nos pensamentos que atrai as forças da sustentação que lhes garantem a sustentação nas tarefas do lugar em que vivem.
  • Nossa inspiração esta filiada ao conjunto dos que sentem como nós, tanto quanto a fonte está comandada pela nascente.
  • Somos obsidiados por amigos desencarnados ou não, e beneficiados por benfeitores, em qualquer plano da vida, de conformidade com a nossa condição mental.
  • Precisamos compreender - repetimos- que os nossos pensamentos são forças, imagens, coisas e criações visíveis e tangíveis no campo espiritual.
  • Atraímos companheiros e recursos, de conformidade com a natureza de nossas idéias, aspirações, invocações e apelos.
  • Cada criatura recebe de acordo com aquilo que dá.
  • Cada alma vive no clima espiritual que elegeu, procurando o tipo de experiência em que situa a própria felicidade.
  • Estejamos, assim, convictos de que os nossos companheiros na Terra ou no Além são aqueles que escolhemos com as nossas solicitações interiores, mesmo porque, segundo antigo ensinamento evangélico, "TEREMOS NOSSO TESOURO ONDE COLOCARMOS NOSSO CORAÇÃO."
  • (Psicografado por Francisco Cândido Xavier, ditado pelo espírito de Emmanuel - 1952)

terça-feira, 14 de setembro de 2010

OFERENDA LÍRICA - TAGORE/DIVALDO

CAMPO FLORIDO - VENDIDa
  • Eu mergulho fundo no abismo do oceano das formas, na esperança de obter a pérola perfeita, daquele que não tem forma.
  • Não há mais navegar de porto em porto, neste meu barco flagelado pela tempestade. Foi-se o tempo em que o meu divertimento era ser embalado pelas ondas. E agora anseio por morrer dentro do que não morre.
  • Na sala de audiência, perto do abismo sem fundo onde floresce a música das cordas sem som, eu empunharei esta harpa da minha vida.
  • Eu a modularei pelas notas do eterno e quando ela tivér soluçado seu último segredo, depositarei aos pés do silencioso a minha harpa silenciosa."
  • (Tagore/Divaldo Franco)

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Francisco Cândido Xavier

TULIPAS VI PAINEL -   vendida
  • "Na vida não vale tanto o que temos, nem tanto importa o que somos.
  • Vale o que realizamos com aquilo que possuímos, acima de tudo, importa o que fazemos de nós.
  • Está a tua disposição a potência o poder de bem realizar, de vencer adversidades, reduzir atritos, convencer nos negócios honestos, melhorar de emprego, ampliar amizades, obter a paz no lar e tudo mais.
  • Quanto mais te convences de que podes ser feliz, de que tens em tí os atributos da paz, ação, resistência e amor, mais as facilidades chegam a tí.
  • No entanto, se preferes viver em lamentações, na recusa a prática do bem ou no cultivo de vícios, ergues, desnecessáriamente, barreiras a tí mesmo.Crê em tí mesmo, age, e verá os resultados. Quanto te esforças, a vida tambem se esforça para te ajudar."
  • (Francisco Cândido Xavier)

sábado, 7 de agosto de 2010

quinta-feira, 29 de julho de 2010

PORQUE OS AMORES SE PERDEM....

AFRICANAS 1 E 2 
vendidas
  • "O mais dificil de entender porque os amores se acabam, são os porquês.
  • Porque duas pessoas que se encontraram se encantaram, viveram um amor que parecia indestrutível se separam?
  • Por quê um amor acaba de um lado só, e é um só que fica chorando, e querendo entender as razões?
  • Amores deveriam ser eternos , mas nem sempre são.
  • Costumo comparar amores a chaves de fechadura, nem toda chave abre todas as portas, é necessário encontrar aquela chave exata, que vai se encaixar perfeitamente e tudo será possível.
  • Mas a gente acredita que cada vez que alguem toca nossa coração será definitivo.
  • Um casal que se apaixona de início, sem que um tenha tempo de desnudar o outro nas suas verdades, acredita nessa chama, e até briga por ela muitas vezes.
  • E cria-se sonhos, planeja-se o futuro.....
  • Enquanto isso os dias vão passando, toma-se menos cuidado em manter a magia, e a parte dos dois que é menos sonhadora, começa a se sentir incomodada.
  • Dá medo.
  • Medo, de ter que olhar bem nos olhos da realidade e dizer acabou!
  • Medo de ter que confessar a sí próprio que ainda não foi daquela vez!
  • Medo da solidão, do ter que recomeçar......
  • Não são as decepções que matam um amor.
  • Se assim fosse, não existiriam perdões e reconciliações.
  • O que mata o amor é simplesmente a tomada da conciência que o outro não é o ser sonhado.
  • É como acordar depois de um longo sono e lindos sonhos!
  • O outro está ali, é a mesma pessoa, mas aquela neblina que dava a impressão de irrealidade, já não existe mais.
  • E isso não acontece do dia para a noite, como se costuma pensar. É algo que vem com os dias, os hábitos as monotonias.
  • Um percebe, o outro não, um começa a se sentir angustiado e o outro continua a acreditar ou finge acreditar.
  • E quando a gota que faz transbordar o copo chega é o mundo todo que desmorona.
  • Porém, tudo não fica definitivamente perdido. Sobra de um lado a dor e os porquês, um resto de amor que teima em ficar, como o vinho envelhecido na garrafa e do outro o coração dividido em não poder reparar erros cometidos e a vontade de continuar em busca de outros horizontes.
  • Sobra para os dois a ternura, e a lembrança dos bons momentos passados juntos.
  • Poque corta-se relacionamento, mas não se apaga momentos, mesmo que a gente queira.
  • Vivido, é vivido feliz ou infelizmente.
  • Inútil é querer resgatar um amor que resolveu partir para outras direções.
  • Quando mais apega-se, mais ele se afasta. E quanto mais se afasta mais dói no outro a incompreensão.
  • É uma roda que é difícil sair.
  • É uma pena pois os corações não merecem isso.
  • Quando a questão é amor , não existe justo ou injusto.
  • Existe o que ama e o que não ama mais.
  • Precisamos aceitar que o outro não tenha os mesmos sentimentos, mesmo se isso nos faz mal, porque se o amor não for livre e poder se instalar aonde deseja, ele perde toda razão de ser."
  • (Leticia Thompson)

quarta-feira, 28 de julho de 2010

AS QUATRO LEIS DA ESPIRITUALIDADE

  • "Na India são ensinadas as "Quatro Leis da Espiritualidade"
  • 1 - "A pessoa que chega é a pessoa correta."
Dizem que nada chega a nossa vida por casualidade, todas as pessoas que nos rodeiam , que interagem conosco, estão aqui por alguma razão, para nos ensinar a avançar em cada situação da vida.
  • 2 - "O que acontece é a única coisa que poderia acontecer"
Nada, mas nada, absolutamente nada, do que aontece em nossas vidas, poderia ser diferente, nem o detalhe mais insignificante. Não existe:se tivesse feito tal coisa..., haveria acontecido outra coisa......Não. O que aconteceu é a única coisa que deveria ter acontecido. E tinha que serassim para que aprendamos a lição necessária a nossa vida, e podermos avançar. Todas e cada uma das situações que acontecem em nossas vidas são perfeitas, mesmo que nossa mente e nosso ego, resistam e nãoqueiram aceitá-las.
  • 3 - "Em qualquer momento que inicie é o momento certo."
Tudo começa no momento indicado, nem antes nem depois. Quando estamos preparados para que algo de novo entre em nossa vida, é quando começará.
  • 4 - "Quando algo termina, termina."
Simples assim, Se alguma coisa terminou em nossa vida, é para nossa evolução, portanto, é melhor deixá-la ir adiante e avançar, essa experiência já o enriqueceu.
  • "Viva bem.
  • Ama com todo teu ser.
  • E sê imensamente feliz."

quarta-feira, 14 de julho de 2010

domingo, 4 de julho de 2010

ETERNIDADE


RIACHO DE PEDRAS
PINTURA A ÓLEO  - VENDID
  • "A eternidade é o dia de hoje, a hora de realizar seja o que for,
é agora, não dá para prever o futuro, que pode nem chegar, por isso, viva livre de amarras, esqueça qualquer preconceito, viva o presente como presente mesmo, que chega a cada manhã, com seu nome escrito com laço de fita e papel bonito...."

quarta-feira, 23 de junho de 2010

JOSÉ SARAMAGO

  • "Nossa maior tragédia é não saber o que fazer com a vida."
  • "Gostar é provavelmente a melhor maneira de ter, ter deve ser a pior maneira de gostar."
  • "Mesmo que a rota da minha vida me conduza a uma estrela, nem por isso, fui dispensado de percorrer os caminhos do mundo."
  • "Se tens um coração de ferro , bom proveito. O meu fizeram-no de carne, e sangra todo dia."
  • "O silêncio ainda é o maior aplauso."
(José Saramago)

quinta-feira, 17 de junho de 2010